Home Primeira morte por dengue é registrada em Mondaí

Primeira morte por dengue é registrada em Mondaí

Em 2024, o município de Mondaí confirmou a primeira morte por dengue, após mais de 600 diagnósticos da doença, conforme repassado à reportagem da Rádio Porto Feliz, pelo Secretário de Saúde do município, Guinter Otto Dreher.

A vítima foi um homem de 90 anos, e com outras comorbidades, falecido há poucos dias.

Desde fevereiro, os casos de dengue aumentaram, atingindo seu pico em março e abril, mas têm diminuído nas últimas semanas.

O Coordenador do Programa de Endemias de Mondaí, Felipe Ludwig, prevê que o ciclo da doença deve terminar no início de junho.

Mesmo com a estabilização dos casos, Ludwig enfatiza a importância da colaboração da população para evitar novos focos do mosquito transmissor, Aedes aegypti.

As ações de combate, como a eliminação de criadouros e a aplicação de inseticida (fumacê), continuam intensas em parceria com o Estado.

Ludwig também destaca a necessidade de notificação de casos suspeitos. Munícipes com sintomas devem procurar a Unidade de Saúde para avaliação médica.

Mondaí enfrentou sua primeira epidemia de dengue em 2022, com 2.880 casos.

Em 2023, houve apenas 10 casos, devido ao aumento da imunidade na população após o surto anterior.

Ludwig explica que após um grande surto, a imunidade coletiva aumenta, reduzindo a transmissão do vírus no ano seguinte.

deixe seu comentário