Home Presidente da Cooper A1 destaca a importância das reuniões de avaliação

Presidente da Cooper A1 destaca a importância das reuniões de avaliação

Foto: Rogério Thomazoni / Divulgação

Em entrevista concedida a Rádio Porto Feliz na manhã da
última sexta-feira (7), o presidente da Cooper A1, Elio Casarin, falou sobre as
reuniões de avaliação.

Os eventos iniciaram no mês de junho e serão encerrados na
próxima quinta-feira, dia 13 de julho, em Itapiranga. Na sexta-feira a reunião
de avaliação aconteceu no Pavilhão Central da Área de Lazer em Mondaí.

Conforme Casarin, nesse ano serão realizados ao todo 20
encontros de avaliação nos municípios de abrangência, em Santa Catarina e no
Rio Grande do Sul.

Destacou que nesses eventos são apresentados os números da
cooperativa, bem como o andamento das atividades.

Citou que o objetivo é prestar contas aos associados,
demonstrando a realidade da cooperativa, o andamento dos trabalhos, resultados
econômicos e sociais, projeções futuras e investimentos.

Ainda frisou que as reuniões de avaliação não eram
realizadas desde 2020, em virtude da pandemia.

Os eventos tem a presença de toda a direção da cooperativa,
além dos associados de cada unidade. Em Mondaí mais de 200 associados
participaram da reunião e de um almoço de confraternização.

Nesse ano de 2023, no dia primeiro de outubro, a Cooperativa
A1 irá comemorar seus 90 anos de atividade.

Presidente enaltece solidez da Cooper A1

Ainda durante a entrevista a Rádio Porto Feliz o presidente
da Cooper A1, Elio Casarin, destacou a solidez da instituição. Ele disse que a
Cooperativa é formada, em sua maioria, por pequenos e médios produtores.

Atualmente possui mais de 10 mil associados e mais de 1.500
colaboradores diretos. Casarin ainda destacou a grande estrutura do
conglomerado, com unidades de recebimento de grãos; supermercados e lojas de
eletrodomésticos e móveis; lojas agropecuárias e de materiais de construção;
indústrias de rações; postos de combustíveis; granjas produtoras de leitões;
centros de distribuição; e posto de resfriamento de leite.

Elio Casarin também destacou que a Cooper A1 é fundamental
para a região, representando em alguns municípios, mais da metade da
arrecadação de impostos.

Ele citou, que apesar da instabilidade por que passa o país
e o mundo, a Cooperativa A1, bem como o grupo Aurora, está atuando de forma
sólida e firme, com a manutenção de investimentos, sempre com o objetivo de
crescimento das atividades desenvolvidas.

 

 

 

deixe seu comentário