Home Núcleo de Dirigentes Lojistas é fundado em Cunhataí

Núcleo de Dirigentes Lojistas é fundado em Cunhataí

CUNHATAÍ – Os lojistas e moradores de Cunhataí agora podem contar com as facilidades, produtos e serviços do Serviço de ProteçÃo ao Crédito (SPC). Em maio, foi criado na cidade um Núcleo de Dirigentes Lojistas (NDL) para auxiliar no desenvolvimento e fortalecimento do comércio e da economia local. A economia do município gira em torno da agricultura e conta com quase dois mil habitantes.
Ligado a CDL Saudades, o NDL já tem seu próprio site de consultas, o spccdlsaudades-ndlcunhatai.cdl-sc.org.br, e já recebeu a primeira de muitas capacitações que serÃo promovidas aos associados. O Núcleo conta com o empresário Evelton Jair Schmitt como que presidente, o qual ressalta que o objetivo do NDL é de reunir o comércio de Cunhataí. “Estamos com uma preocupaçÃo muito grande por causa da inadimplência das pessoas, e percebemos que o comércio só quer vender, e nÃo está conseguindo receber”, revela.
Schmitt menciona ainda, que o NDL tem a funçÃo de orientar os empresários, apresentar as facilidades que o núcleo pode oferecer. “O ponto principal é unir o comércio, para que conseguimos superar essa crise que assola todo o País. Vamos realizar palestras, orientações, cursos para que o nosso associado conhece as vantagens que o núcleo tem, e o que facilita no momento da venda”, declara.
Neste quesito, em março, os sócios do NDL participaram de um workshop com a consultora técnica Daniela Trevisan. No encontro foram transmitidas informações sobre a importância de uma venda segura e as ferramentas disponíveis pelo SPC para auxiliar o lojista nesse sentido. Daniela também explicou quais os tipos de consultas ao SPC que pode ser usadas em cada situaçÃo de registros, quais os prazos e melhores maneiras de se fazer uma negociaçÃo para recuperaçÃo de crédito inadimplente
O NDL de Cunhataí, que é associado ao CDL de Saudades, conta com 12 associados, mas, segundo o presidente, a meta é associar cerca de 20 empresas de Cunhataí em médio prazo. “No momento, a empresa interessada deve procurar por mim para fazer o cadastro, pois nÃo temos sede própria, pelo custo que isso acumula”, finaliza.

deixe seu comentário