Home Investimento de R$ 312,5 milhões é confirmado pelo Governo do Estado para Maravilha e região

Investimento de R$ 312,5 milhões é confirmado pelo Governo do Estado para Maravilha e região

Fotos: Peterson Paul / Secom

Seguindo agenda de entregas pelo
Grande Oeste, o governador Carlos Moisés autorizou cerca de R$ 312,5 milhões
para as cidades da Associação dos Municípios do Entre Rios (Amerios). Em
solenidade na sede da Câmara de Vereadores de Maravilha, nesta sexta-feira, 3,
foram confirmados aportes para importantes obras nas 17 cidades da região, via
programas como Plano 1000, Novos Rumos, SC Mais Moradia, entre outros.

“Mais um resultado da nossa
gestão, prova da eficiência deste Governo. Estamos tirando projetos do papel,
da gaveta, junto com as prefeituras, provando que essa é a administração mais
municipalista da história de Santa Catarina. Mais uma vez provamos que não
investimos apenas em concreto e asfalto, mas também em saúde, educação,
esporte, desenvolvimento social, inovação”, ressaltou o governador.

A infraestrutura é o setor que
receberá mais investimentos. São R$ 250 milhões para estradas e rodovias.
Apenas para a SC-305, são R$ 97,4 milhões para restauração e aumento da
capacidade entre São Lourenço do Oeste e Campo Erê, em um trecho de 28
quilômetros. Outros R$ 76,9 milhões para SC-160, trecho de 23 quilômetros entre
Pinhalzinho e Bom Jesus do Oeste. Ambas com aporte direto do Estado.

Via convênio, são quase R$ 37
milhões para a ligação entre Maravilha e Bom Jesus (foto) – R$ 16,3 e R$ 20,6
milhões, respectivamente, em repasse para cada cidade executar seu trecho. Para
o percurso de São Miguel da Boa Vista até Romelândia, da SC-492, serão mais R$
41,1 previstos para obras de implantação e pavimentação da rodovia. Além de R$
280,5 mil para elaboração de projeto do contorno de Pinhalzinho.

“Muito obrigado pelo que tem
feito pela nossa região. Obrigado pelo que tem feito pelo nosso estado. Estou
há 30 anos na política e nunca na história eu vi tanta distribuição para as
cidades. Para todos os municípios. Para toda a nossa gente”, disse o chefe
do executivo municipal de Maravilha, Sandro Donati, representando os prefeitos
da Amerios.

A solenidade também teve espaço
reservado para a saúde, com mais de R$ 10 milhões confirmados pelo Governo do
Estado. Os investimentos previstos são para reforma e ampliação de três
hospitais da região. Para o Hospital de Saudades, R$ 1 milhão; para a unidade
de Pinhalzinho, R$ 2 milhões; e para o Hospital São José, de Maravilha, foram
destinados R$ 6,9 milhões. Esta última unidade recebeu a visita do governador
após os atos na Câmara de Vereadores.

“A palavra que define é
gratidão. Há 20 anos que um governador não vem ao São José. Muito obrigado, em
nome de todos que trabalham aqui, pela visita e por garantir verba para a
ampliação da nossa unidade”, disse a diretora do hospital, Neiva
Schaeffer.

 

Repasse para a Amerios

A cerimônia da tarde desta
sexta-feira também foi marcada pela liberação, em transferências especiais, de
quase R$ 50 milhões para os 17 municípios da Associação. Os recursos atenderão
demandas das prefeituras, como pavimentação, construção de habitações pelo
projeto SC Mais Moradia, ampliação de centros educacionais, sinalização,
revitalização, entre outras demandas regionais. Confira os valores repassados
para cada prefeitura:

Tigrinhos (R$ 5.609.607,53)

 Saudades (R$ 1.020.000,00)

São Miguel da Boa Vista (R$
1.350.000,00)

Santa Terezinha do Progresso (R$
1.244.078,17)

Saltinho (R$ 3.000.000,00)

Romelândia (R$ 1.750.000,00)

Riqueza (R$ 4.394.094,44)

Palmitos (R$ 2.500.000,00)

Modelo (R$ 1.400.000,00)

Maravilha (R$6.550.000,00)

Iraceminha (R$ R$ 4.780.000,00)

Flor do Sertão (R$ 8.100.000,00)

Cunhataí (R$ 1.200.000,00)

Cunha Porã (R$ 1.990.000,00)

Caibi (R$ 1.664.458,00)

Campo Erê (R$ 2.600.000,00)

Bom Jesus do Oeste (R$
600.000,00).

 

Presenças no evento

Participaram dos atos deputados
estaduais, deputados federais, prefeitos e vereadores da região, secretários de
Estado; secretários municipais; diretores e presidentes de empresas de economia
mista; entre outras autoridades e representantes da comunidade.

deixe seu comentário