Home Governador Raimundo Colombo assina contrato para a construção do radar meteorológico do Oeste

Governador Raimundo Colombo assina contrato para a construção do radar meteorológico do Oeste

O sistema de Defesa Civil e proteçÃo a desastres naturais em execuçÃo pelo Governo do Estado ganhará o reforço de um novo radar meteorológico que será instalado no Oeste. O governador Raimundo Colombo e os representantes da empresa alemà que vai fabricar o equipamento assinaram o contrato na tarde desta terça-feira, 7, em Chapecó. O investimento em toda a estrutura, que inclui além do radar, construçÃo de um prédio de cinco andares, torre e capacitaçÃo dos operadores chega a quase R$ 14 milhões.
“O radar nÃo é uma peça solta. Ele chega para se integrar a um sistema que inclui o radar de Lontras já em funcionamento, a sobrelevaçÃo de barragens e, no futuro, a aquisiçÃo de um radar móvel para o Sul. Com tudo isso em operaçÃo, teremos um avanço significativo em tecnologia, na antecipaçÃo e na confiabilidade das informações que vÃo servir de base para uma série de ações de proteçÃo ao cidadÃo em qualquer situaçÃo de risco”, informou Raimundo Colombo.
O secretário de Estado da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli, apresentou dados de especialistas que apontam Santa Catarina como a segunda regiÃo no mundo mais suscetível a fenômenos climáticos, atrás apenas de uma regiÃo dos Estados Unidos que é rota de tornados. Citou como exemplo enchentes, no Vale do Itajaí; chuva de granizo, que atingiu a zona urbana de Lages; um tornado, em Xanxerê e longos períodos de estiagem na própria regiÃo Oeste.

“A operaçÃo dos radares é fundamental para a proteçÃo das pessoas e do patrimônio público. Os três equipamentos nos darÃo 100% de cobertura no Estado e essas informações também sÃo importantes para o setor da agricultura, de onde vem uma fatia expressiva da nossa fonte de renda”, afirmou Moratelli ao explicar que os radares conseguem detectar a formaçÃo de diversos sistemas que ocorrem na camada atmosférica, como o volume de chuva ou a falta dela, granizo, ventos, entre outros fenômenos. Com base nessas orientações, os agricultores conseguem planejar melhor as lavouras.
Ainda segundo o secretário, está em construçÃo em Florianópolis uma central que vai integrar todas as informações captadas dos radares e emitir os alertas à populaçÃo.

Para reforçar a importância da informaçÃo precisa, e de forma antecipada, o governador Raimundo Colombo lembrou uma situaçÃo que ocorreu no município de Mirim Doce, depois de um rio inundar. “Só nÃo houve mortes, porque o alerta oficial de que a chuva seria intensa agilizou o trabalho de retirada de dezenas de famílias que moravam às margens do rio”, contou.

O radar do Oeste será instalado em Chapecó, em um terreno doado pela prefeitura. A previsÃo é que o equipamento entre em operaçÃo no primeiro semestre de 2017.

deixe seu comentário