Home Família e amigos se despedem de Jesse Koz em SC

Família e amigos se despedem de Jesse Koz em SC

Foto: Divulgação – O corpo é velado no Crematório Vaticano

O corpo de Jesse Koz, de 29 anos, chegou em Balneário
Camboriú, Litoral Norte de Santa Catarina, na noite deste domingo (5). Já na
manhã desta segunda-feira (6), a família e amigos do catarinense puderam se
despedir dos dois.

O público poderá prestar as últimas homenagens e se despedir
de Jesse a partir das 11h, haverá também uma transmissão ao vivo da cerimônia
de velório pelo Youtube. As cinzas de Shurastey, “cãopanheiro” fiel de Jesse
ainda não chegaram.

O corpo é velado no Crematório Vaticano. A cerimônia contará
com uma revoada de pombos, às 17h, e com a presença de cães terapeutas de
diversas raças, inclusive Golden Retriever, a mesma raça de Shurastey. Após o
velório, que tem previsão de encerramento às 18h, o corpo de Jesse será
cremado.

As cinzas de Shurastey, cremado nos EUA, não estarão na
ocasião, pois ainda estão a caminho do Brasil. O Crematório Vaticano fará uma
cerimônia restrita à família para a entrega das cinzas dos dois em data a ser
definida.

 

Trágico acidente

Imagens do grave acidente que matou o catarinense Jesse Koz,
de 29 anos, e seu cachorro Shurastey, vieram à tona na manhã de quarta-feira,
25 de maio, dia seguinte ao acidente. O morador de Balneário Camboriú, sofreu o
acidente no fusca em que viaja pelos Estados Unidos com o seu fiel amigo.

A colisão contra outro veículo aconteceu na rodovia US 199,
próximo à cidade de Selma, Oregon, na manhã de terça-feira, 24 de maio. A
informação foi divulgada por uma tia de Jesse e confirmada pelo portal de
notícias local KDRV.

Segundo o site, Jesse seguia sentido Norte quando desviou de
outro carro que havia diminuído a velocidade. Ao voltar para a pista, o Fusca
teria perdido o controle e colidido de frente com um Ford/Escape que vinha no
sentido oposto. Eileen Huss, de 62 anos, que dirigia o carro, sofreu ferimentos
e foi levada ao hospital local. Jesse morreu no local.

Imagens impressionantes do acidente vieram à tona e mostram
a gravidade da colisão e os veículos destruídos. O fusca famoso por percorrer o
mundo ficou irreconhecível após a colisão.

deixe seu comentário