Home Como encontrar a paz?

Como encontrar a paz?

Como encontrar a paz interior e acabar com a desunião que
existe em nossos pensamentos e em nosso coração? Muitas vezes as pessoas se
sentem dilaceradas por dentro, divididas por muitas situações. Como encontrar a
paz interior? Será fácil? O primeiro caminho passa pela aceitação da própria
contradição. Nós nunca somos uma coisa só. Nós temos dois polos. Amor e
agressão ao mesmo tempo, somos razão – capacidade de pensar – e ao mesmo tempo
somos sentimento. Somos masculino e feminino, consciente e inconsciente.
Aceitar a própria contradição é despedir-se de imagens ideias que faço de mim,
como sendo apenas bom, amável, piedoso e assim por diante. Normalmente nós
somos bons e maus, amáveis e grosseiros, piedosos e impiedoso. Se eu assumir
esses meus opostos, então vou encontrar mais paz interior. Não posso negar
aquilo que é oposto em mim, não posso eliminar o contraditório. Se eu me
reconciliar com minhas contradições, vai acontecer algo positivo, vou me sentir
mais presente a mim mesmo. Eu me sinto mais inteiro naquilo que sou, porque
percebo exatamente o que sou, também nas contradições.

Se nós pensamos no sinal da cruz, isso ajuda a eliminar a
tensão interior. Eu me coloco de pé, estendo meus braços, um para direita, um
para a esquerda, sinto os opostos em mim, eles até podem me dilacerar, mas
quando me entrego totalmente a este gesto, ele me torna amplo. Poderia abraçar
todo mundo. Nada do que é humano, nada do que é cósmico, nada do que faz parte
da vida é estranho a mim. Tudo está em mim. Essa experiência de perceber-se
como cruz, com os braços aberto, é uma experiência de amplitude, de liberdade e
de amor. Não somos só uma coluna que vai em direção ao céu. Somos uma coluna
que se estende também na direção horizontal, em direção à terra. Por isso,
também, a vivência religiosa é essa dupla dimensão. Nós buscamos as coisas do
alto, mas ao mesmo tempo percebemos que estamos no mundo.

Por isso, caro leitor, que essa pequena meditação ajude você
a encontrar mais paz interior.

deixe seu comentário